A CURA PARA O CÂNCER EXISTE !

O Milagre Gerson: Uma Cura para o Câncer?

Documentário legendado no final da matéria!

ge4

“A cura para o câncer foi descoberta em 1928. A cura para praticamente todas as formas de doenças crônicas fora descoberta ainda antes, puramente por acidente, por um homem. Um judeu alemão chamado Dr. Max Gerson. Embora suas descobertas tenham sido adotadas por Hitler e pelo partido Nazista, a família do Dr. Gerson pagou o preço maior. Os sete irmãos de Dr. Gerson pereceram no Holocausto. Mas, suas tentativas para captura-lo foram em vão. O poder sem precedentes de curar os sem esperança ainda sobrevive.”

ge2

Mais adiante o filme revela que:

“Antes de receber seu diploma de doutorado em Medicina, Gerson sofria com severas e repetitivas enxaquecas que lhes deixavam incapacitado por dias. Depois de 3 anos de experiência, Dr. Gerson conseguiu eliminar sua enxaqueca completamente comendo apenas algumas frutas e vegetais crus. Maçãs eram básicas, legumes cozidos também foram incluídos, menos a gordura, sal e condimentos, e o álcool presentes na pesada dieta padrão alemã.

Em 1918 a fama de sua dieta já tinha se espalhado. Numa certa ocasião, um paciente retornara com a observação de que não apenas a enxaqueca tinha sido aliviada, mas que a tuberculose de pele também tinha desaparecido.

Em abril de 1924 o famoso especialista de pulmão Dr. Ferdinand Sauerbruch se ofereceu para fazer um ensaio clínico com 450 pacientes da incurável tuberculose de pele. No inicio do estudo,  Sauerbruch disse a Gerson, em particular, que se ao menos um paciente mostrasse alguma melhora, ele acreditaria em cada palavra do tratamento de Gerson. Dos 450 pacientes, 446 se curaram da tuberculose de pele, mais de 99%.

No final da década de 20, a fama do Dr. Gerson se espalhou por toda Europa, especialmente depois de ter curado a esposa do Dr. Albert Schweitzer, Helena, que sofria de tuberculose pulmonar e a filha dela que foi curada da tuberculose de pele. O próprio Dr. Albert Schweitzer aos 75 anos foi curado pelo Dr. Gerson de diabetes.

Entre 1933 e meados da Segunda Guerra Mundial, Gerson e sua família fugiram da perseguição nazista e foram se estabelecer em Nova Iorque. Ao longo da década de 40, o sucesso da clínica de Gerson em Nova Iorque surpreendeu a comunidade médica, mas também contrariou  forças obscuras. Dr. Gerson estava curando pacientes com câncer e “pelo crime” foi chamado a depor no Senado dos Estados Unidos da America.

Apresentou-se ao congresso americano nos dias 1, 2 e 3 de julho de 1946, juntamente com cinco de seus pacientes que tinham se curado de câncer e o registro médico de outros cinco. O seu testemunho foi tão surpreendente que, na noite do dia 3 de julho de 1946, o renomado correspondente da rede NBC, Raymond Gram Swing, declarou em seu programa de rádio para todo o país que pela primeira vez na história tinha sido descoberta uma cura para o câncer.

A resposta do público foi impressionante, chocante! O telefone da NBC não parava de tocar o tempo inteiro,  fora de controle, inacreditável! Mas o que aconteceu a seguir foi ainda mais inacreditável. Duas semanas depois, Raymond Gram Swing foi demitido da posição que já mantinha há mais de 30 anos na NBC. E o projeto anticâncer de Pepper Neely, de 1946, documento número 8.947 agora estava coberto de poeira e esquecido no arquivo nacional americano.”

O documentário está cheio de testemunhos de pacientes e ex-pacientes que, depois de curados, passam a ajudar o Instituto como voluntários.

Já no final da vida, concluído o primeiro manuscrito para o seu livro, o Dr. Max Gerson adoeceu de forma inexplicável. Ao tratar-se para recuperar sua saúde, ele percebeu que o manuscrito sumira. Ele então demitiu sua secretária que foi flagrada roubando seus arquivos e os repassando para um médico desonesto. Precisou de um ano inteiro para reescrever o manuscrito para  seu clássico “Terapia do Câncer, os Resultados de 50 casos”. Depois de publicado seu livro, Dr. Gerson ficou doente, de novo, também de forma inexplicável. Antes de morrer, foi submetido a novos testes que confirmaram-lhe o envenenamento com arsênico.

Quem também tem papel importante na oprimida trajetória da Terapia Gerson é sua filha caçula, Charlotte Gerson, hoje com mais de 90 anos (ela já tinha mais de 80 anos quando este documentário foi produzido em 2004).  Continua hoje à frente do Instituto Gerson em San Diego na Califórnia, estabelecido em 1977, e de um hospital em Tijuana, no México. O objetivo do Instituto é educar o público e pacientes sobre a terapia. Está, portanto, à frente do legado de seu pai: do Instituto nos EUA e do hospital no México, que já tem mais de 35 anos é usado para tratar pacientes com câncer e outras doenças crônicas.

ge3

Charlotte conta que tinha 34 anos quando cancelou seu seguro saúde, alegando que, além de saudável, não estava interessada no tipo de tratamento médico/hospitalar que um seguro saúde oferece. Ela conta que conseguiu economizar 2 mil dólares por ano nos últimos 45 anos, o que dá um total aproximado de 90 mil dólares. Comendo produtos orgânicos, como faz, e comida vegetariana, nunca esteve doente. “É mais barato viver assim, além de sentir-me muito melhor e com mais energia para tudo”, diz Charlotte.

As legislações de praticamente todos os estados americanos proíbem qualquer outro tratamento para o câncer além dos conhecidos: radiação, quimioterapia e cirurgia, mesmo eles sendo completamente ineficazes na melhor das hipóteses. Até mesmo uma clínica de medicina holística é proibida por lá, razão pela qual o hospital fica no México, para onde Charlotte desloca-se sozinha em seu carro, da Califórnia para o México.

ge5ge

Como funciona a Terapia Gerson?

É importante dizer que dois fatores são elementos chave no câncer: deficiência (na nutrição) e toxidez (ou envenenamento).  A terapia “ataca” essas duas áreas.

A primeira, através da dieta de frutas e vegetais orgânicos feitos de uma forma especial. Os sucos nutritivos à base de frutas e vegetais, depois de triturados e posto o bagaço em prensa e posteriormente coado, que o paciente sob tratamento tem que tomar umas 13 vezes por dia. O corpo de um paciente chega a ser inundado com o equivalente a quase 10 quilos de frutas e vegetais orgânicos diariamente. Esses sucos atingem a corrente sanguínea diretamente, daí porque são tão efetivos. Se ingeridos normalmente, pelo processo de digestão do estômago, muito dos nutrientes e enzimas se perderiam. Além dos sucos nutritivos, há uma dieta sólida complementar inteiramente orgânica e vegetariana durante todo o tratamento.

A segunda parte da terapia trata da desintoxicação do corpo. Aqui entra em ação o enema de café orgânico, que atuará na desintoxicação do fígado, com a inserção retal de uma mangueira com um grampo que controla a passagem lenta do enema para o cólon do paciente, onde o café fica retido entre 12 e 15 minutos, tempo que permite o fígado absorver a cafeína do café e outros agentes. Simultaneamente o fígado libera os tóxicos de volta para o cólon para então serem expelidos.

De acordo com site do Instituto Gerson:

A partir do momento que um paciente recebe a terapia completa, os efeitos combinados dos sucos e da medicação fazem o sistema imunológico atacar e matar tecidos com tumores, além de trabalhar na descarga acumulada de toxinas dos tecidos do corpo. Esse grande procedimento de limpeza corre o risco de sobrecarregar e envenenar o fígado – o todo poderoso órgão de desintoxicação que, no caso de pacientes de câncer, é provável já estar debilitado e danificado.

Daí o importante papel do enema de café no tratamento, auxiliar o fígado na excreção dos resíduos tóxicos do corpo.

Fonte: http://verdadeproibida.com/2013/03/o-milagre-gerson-uma-cura-para-o-cancer/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s