Como ondas sonoras conseguem mudar a forma da água?

non-newtonian-fluid1-620x325.jpg

É possível fazer um show visual com uma gota d’água usando apenas o som, fazendo com que ela adquira as mais variadas formas. Difícil? Sim, porém nem um pouco impossível para a Ciência. A descoberta é de cientistas da Clemson University, nos EUA.

Eles colocaram gotas do líquido em um campo ultrassônico  para levitar, girar e mudar o formato até parecer algo que lembra uma estrela. Como é possível ver pelo vídeo do experimento, a intensidade do campo sonoro muda e causa a alteração no formato da gota. Essa tal intensidade é chamada de harmônica, uma frequência de vibração.

O som comprime a gota e faz ela se achatar. Em seguida, a cada nova harmônica, o formato vai mudando com uma espécie de padrão: uma nova ponta “cresce” na gota com as alterações. Nas harmônicas mais avançadas, ela parece até uma estrela. É possível ainda deixar o movimento totalmente frenético ou fazer a gota desintegrar de tanto girar — isso acontece quando a frequência chega ao ápice.

Na prática, cientistas podem usar milhões gotas ao mesmo tempo e controlá-las para prender partículas danosas ao ar, por exemplo. O experimento da Clemson University já é um pouco antigo, mas vale a pena ver ao menos uma vez o que só uma gota d’água é capaz de fazer.

O corpo humano possui 65% de água em homens e 60% em mulheres, ou seja: Alguns sons como musica, sons da TV, rádio entre outros alteram nosso organismo através das vibrações. Melhor tomar cuida com o estilo de som que curte.

Fonte:http://www.tecmundo.com.br/fisica/102398-ondas-sonoras-conseguem-mudar-forma-agua-video.htm

 

 

Anúncios

A entrevista mais extraordinária de Nikola Tesla, escondida por 116 anos!

tesla.jpg

Nikola Tesla é considerado um dos homens mais inovadores e misteriosos que já viveram na Terra. Ele era um homem muito à frente de seu tempo e é responsável pela maior parte da tecnologia que usamos hoje.

De fato, se Tesla não inventou e pesquisou tudo o que fez em seu tempo, nossa tecnologia hoje seria consideravelmente pior.

As invenções de Tesla foram muito além da eletricidade. Ele fez descobertas inovadoras como comunicações de rádio sem fio, motores de turbina, helicópteros (embora foi Da Vinci que teve a idéia pela primeira vez), luzes fluorescentes e neon, torpedos e raios X entre outros. Até o momento de sua morte, Tesla detinha cerca de 700 patentes em todo o mundo.

Neste artigo, damos uma olhada em uma entrevista muito RARO, escondida por quase 116 anos.

Jornalista: Sr. Tesla, você ganhou a glória do homem que se envolveu nos processos cósmicos. Quem é você, Sr. Tesla?

Tesla: É uma pergunta certa, Sr. Smith, e vou tentar dar-lhe a resposta certa para ele.

Jornalista: Alguns dizem que você é do país da Croácia, da área chamada Lika, onde junto com as pessoas estão crescendo árvores, rochas e céu estrelado. Dizem que a sua aldeia natal tem o nome das flores da montanha e que a casa onde nasceu está ao lado da floresta e da igreja.

Tesla: Realmente, tudo isso é verdade. Tenho orgulho da minha origem sérvia e da minha pátria croata.

Jornalista: Futuristas dizem que o século vinte e vinte e um nasceu na cabeça de Nikola Tesla. Eles celebram o campo magnético inversamente e cantam hinos ao motor de Inducão. Seu criador foi chamado o caçador que pegou a luz em sua rede das profundezas da terra, eo guerreiro que capturou o fogo do céu. Pai de corrente alternada fará com que a Física ea Química dominem metade do mundo. A indústria vai proclamá-lo como seu santo supremo, um banqueiro para os maiores benfeitores. No laboratório de Nikola Tesla pela primeira vez é quebrado átomo.

É criada uma arma que causa as vibrações do terremoto. Existem raios cósmicos descobertos. Cinco raças irão orar a ele no Templo do futuro, porque eles tinham ensinado um grande segredo que os elementos de Empédocles (Empédocles, foi um filósofo e pensador pré-socrático grego e cidadão de Agrigento, na Sicília.) podem ser regados com as forças de vida dos éteres.

Tesla: Sim, estas são algumas das minhas descobertas mais importantes. Sou um homem derrotado. Eu não realizei a maior coisa que pude.

Jornalista: O que é, Sr. Tesla?

Tesla: Eu queria iluminar toda a terra. Há energia suficiente para se tornar um segundo sol. A luz apareceria ao redor do equador, como um anel ao redor de Saturno.

A humanidade não está pronta para o grande e bom. Em Colorado Springs eu encharquei a terra por eletricidade. Também podemos regar as outras energias, como a energia mental positiva. Eles estão na música de Bach ou Mozart, ou nos versos de grandes poetas. No interior da Terra, há energia de Alegria, Paz e Amor. Suas expressões são uma flor que cresce da terra, o alimento que nós conduz por fora dela e tudo que faz a pátria do homem. Eu passei anos procurando a maneira que esta energia poderia influenciar as pessoas. A beleza eo perfume das rosas pode ser usado como um remédio e os raios do sol como um alimento.

A vida tem um número infinito de formas, eo dever dos cientistas é encontrá-los em todas as formas de matéria. Três coisas são essenciais nisso. Tudo o que faço é uma busca por eles. Eu sei que não vou encontrá-los, mas não vou desistir deles.

Jornalista: O que são estas coisas?

Tesla: Uma questão é a comida. Que energia estelar ou terrestre para alimentar os famintos na Terra? Com que vinho regou todo sedento, para que eles possam alegrar em seu coração e entender que eles são deuses?

Outra coisa é destruir o poder do mal e do sofrimento em que a vida do homem passa! Às vezes, ocorrem como uma epidemia nas profundezas do espaço. Neste século, a doença se espalhou da Terra no Universo.

A terceira coisa é: Existe um excesso de Luz no Universo? Eu descobri uma estrela que por todas as leis astronômicas e matemáticas poderia desaparecer,E que nada parece ser modificado. Esta estrela está nessa galáxia. Sua luz pode ocorrer em tal densidade que cabe em uma esfera menor do que uma maçã, um mais pesado que nosso Sistema Solar. Religiões e filosofias ensinam que o homem pode se tornar o Cristo, Buda e Zoroastro. O que estou tentando provar é mais selvagem e quase inatingível. Isto é o que fazer no Universo para que cada ser nasça como Cristo, Buda ou Zoroastro.

Nikola-Tesla.jpg

Eu sei que a gravidade é propensa a tudo o que você precisa para voar e minha intenção não é fazer dispositivos voadores (aviões ou mísseis), mas ensinar individual a recuperar a consciência em suas próprias asas … Além disso; Estou tentando acordar a energia contida no ar. Existem as principais fontes de energia. O que é considerado espaço vazio é apenas uma manifestação da matéria que não é despertada.Nenhum espaço vazio neste planeta, nem no Universo. Nos buracos negros, o que os astrônomos falam, são as fontes mais poderosas de energia e vida.

Jornalista: Na janela do seu quarto no hotel “Valdorf-Astoria”, no trigésimo terceiro andar, todas as manhãs, os pássaros chegam.

Tesla: Um homem deve ser sentimental para com os pássaros. Isto é por causa de suas asas. Os seres humanos tinham perdido  uma vez, o real e visível!

Jornalista: Você não parou de voar desde aqueles distantes dias em Smiljan!

Tesla: Eu queria voar do telhado e eu caí: os cálculos das crianças podem estar errados. Lembre-se, as alas jovens têm tudo na vida!

Jornalista: Você já se casou? Não se sabe que você tem afeto pelo amor ou por uma mulher. Fotos dos jovens mostram que você era um homem bonito.

Tesla: Sim. Eu não. Há duas visões: muita afeição ou nada. O centro serve para rejuvenescer a raça humana. Mulheres para certas pessoas nutrem e fortalecem sua vitalidade e espírito. Ser solteiro faz o mesmo com outras pessoas. Eu escolhi esse segundo caminho.

Jornalista: Seus admiradores estão reclamando que você está atacando a relatividade. O estranho é a sua afirmação de que a matéria não tem energia. Tudo está imbuído de energia, onde está?

Tesla: Primeiro foi energia, depois matéria.

Jornalista: Sr. Tesla, é como quando você disse que nasceu de seu pai, e não de você.

Tesla: Exatamente! E o nascimento do Universo? A matéria é criada a partir da energia original e eterna que conhecemos como Luz. Brilhou, e tem aparecido a estrela, os planetas, o homem e tudo na Terra e no Universo. A matéria é uma expressão de infinitas formas de Luz, porque a energia é mais antiga do que ela. Existem quatro leis da Criação. A primeira é que a fonte de todo o enredo desconcertante e sombrio que a mente não consegue conceber, ou a medida matemática. Nessa conspiração cabia todo o Universo.

A segunda lei está espalhando uma escuridão, que é a verdadeira natureza da Luz, do inexplicável e transformada em Luz. A terceira lei é a necessidade da Luz para se tornar uma questão de Luz. A quarta lei é: sem começo nem fim; Três leis anteriores sempre acontecem e a Criação é eterna.
Jornalista: Na hostilidade à teoria da relatividade você vai tão longe, que você faz palestras contra seu Criador em suas festas de aniversário

Tesla: Lembre-se, não é espaço curvo, mas a mente humana que não pode compreender infinidade e eternidade! Se a relatividade foi claramente compreendida por seu Criador, ele ganharia a imortalidade, ainda que fisicamente, se ele estiver satisfeito.

Eu sou parte de uma luz, e é a música. A Luz enche os meus seis sentidos: Eu vejo, ouço, sinto, cheiro, toque e penso. Pensar nisso significa o meu sexto sentido. Partículas de Luz são notas escritas. O parafuso de relâmpago pode ser uma sonata inteira. Mil bolas de relâmpago é um concerto .. Para este concerto

Eu criei um Ball Lightning, que pode ser ouvido nos picos gelados do Himalaia. Sobre Pythagoras e matemática, um cientista não pode e não deve infringir estes dois. Números e equações são sinais que marcam a música das esferas. Se Einstein tivesse ouvido esses sons, não criaria teorias da relatividade. Esses sons são as mensagens para a mente de que a vida tem significado, de que o Universo existe em perfeita harmonia, e sua beleza é a causa e o efeito da Criação. Esta música é o ciclo eterno dos céus estelares.

A mais pequena estrela completou a composição e também, parte da sinfonia celestial. Os batimentos cardíacos do homem fazem parte da sinfonia na Terra. Newton aprendeu que o segredo está em arranjo geométrico e movimento de corpos celestes. Ele reconheceu que a lei suprema de harmonia existe no Universo. O espaço curvo é o caos, o caos não é música. Einstein é o mensageiro do tempo do som e da fúria.

Jornalista: Sr. Tesla, você ouve aquela música?

Tesla: Eu ouço isso o tempo todo. Meu ouvido espiritual é tão grande quanto o céu que vemos acima de nós. Meu ouvido natural eu aumentava pelo radar. De acordo com a Teoria da Relatividade, duas linhas paralelas se encontrarão no infinito. Por isso Einstein curva vai endireitar. Uma vez criado, o som dura para sempre. Para um homem pode desaparecer, mas continua a existir no silêncio que é o maior poder do homem.

Não, eu não tenho nada contra o Sr. Einstein. Ele é uma pessoa amável e tem feito muitas coisas boas, algumas das quais se tornarão parte da música. Escreverei a ele e tentarei explicar que o éter existe e que suas partículas são o que mantêm o Universo em harmonia ea vida na eternidade.

Jornalista: Diga-me, por favor, sob quais condições Angel adotar na Terra?

Tesla: Eu tenho dez deles. Manter bons registros vigilantes.

Jornalista: Documentarei todas as suas palavras, Caro Sr. Tesla.

Tesla: O primeiro requisito é uma alta consciência de sua missão e trabalho a ser feito. Deve, ainda que fracamente, existir nos primeiros dias. Não sejamos falsamente modestos; O carvalho sabe que é carvalho, um arbusto ao lado dele que é um arbusto. Quando eu tinha 12 anos, tenho certeza de que vou chegar a Niagara Falls. Para a maioria das minhas descobertas eu sabia na minha infância que vou alcançá-las, embora não totalmente aparente … A segunda condição para se adaptar é a determinação. Tudo o que eu podia, eu terminei.

Jornalista: Qual é a terceira condição de ajuste, Sr. Tesla?

Tesla: Orientação para todas as energias vitais e espirituais no trabalho. Portanto, purificação dos muitos efeitos e necessidades que o homem tem. Eu, portanto, não perdi nada, mas apenas ganhou.

Então, eu gostei todos os dias e noites. Anote: Nikola Tesla era um homem feliz … O quarto requisito é ajustar a montagem física com um trabalho.

Jornalista: O que você quer dizer, Sr. Tesla?

Tesla: Primeiro, a manutenção da montagem. O corpo do homem é uma máquina perfeita. Eu sei o meu circuito eo que é bom para ele. Alimentos que quase todas as pessoas comem, para mim, é prejudicial e perigoso. Às vezes eu imagino que os chefs do mundo estão todos em conspiração contra mim … Toque minha mão.

Jornalista: Estava frio.

Tesla: Sim. O fluxo sanguíneo pode ser controlado, e muitos processos dentro e ao redor de nós. Por que você está assustado jovem?

Jornalista: É uma história que Mark Twain escreveu um misterioso estranho, aquele maravilhoso livro de Satanás, inspirado por você.

Tesla: A palavra “Lúcifer” é mais encantadora. Twain gosta de brincar. Quando criança, fui curado uma vez lendo seus livros. Quando nos encontramos aqui e falamos com ele, ele ficou tão tocado que ele chorou. Nós nos tornamos amigos e ele freqüentemente veio ao meu laboratório. Uma vez ele pediu para mostrar-lhe uma máquina que por vibração provoca uma sensação de felicidade. Era uma dessas invenções para o entretenimento, o que às vezes eu gosto de fazer.

Eu avisei o Sr. Twain para não permanecer sob essas vibrações. Ele não ouviu e ficou mais tempo. Terminou sendo, como um foguete, segurando calças, entrou em um determinado quarto. Foi um diabolicamente engraçado, mas eu mantive a seriedade.

Mas, para ajustar o circuito físico, além de comida, sonho é muito importante. De um trabalho longo e exaustivo, que exigia esforço sobre-humano, depois de uma hora de sono, eu estava totalmente recuperado. Eu ganhei a capacidade de gerenciar o sono, adormecer e acordar no tempo que eu designei. Se eu faço algo que não entendo, me obrigo a pensar nisso no meu sonho, e assim encontrar uma solução.

Tesla: A quinta condição de ajuste é a memória. Talvez na maioria das pessoas, o cérebro seja detentor do conhecimento sobre o mundo eo conhecimento adquirido através da vida. Meu cérebro está envolvido em coisas mais importantes do que lembrar, é escolher o que é necessário em um determinado momento. Isso é tudo ao nosso redor. Ele só deve ser consumido. Tudo que uma vez vimos, ouvimos, lemos e aprendemos, nos acompanha na forma de partículas de luz. Para mim, essas partículas são obedientes e fiéis.

O Fausto de Goethe, meu livro favorito, aprendi de cor no alemão como estudante, e agora tudo pode recitar. Eu segurei minhas invenções por anos “na minha cabeça”, e só então eu percebi.

Jornalista: Muitas vezes mencionou o poder da visualização.

Tesla: Eu poderia ter que agradecer à visualização por tudo o que eu inventei. Os eventos da minha vida e minhas invenções são reais na frente dos meus olhos, visíveis como cada ocorrência ou o item. Na minha juventude eu estava com medo de não saber o que é, mas mais tarde, eu aprendi a usar esse poder como um talento excepcional e dom. Eu o nutrei, e com celosidade. Eu também fiz correções por visualização na maioria das minhas invenções, e terminá-las dessa forma, por visualização eu mentalmente resolver equações matemáticas complexas. Para esse dom que eu tenho, vou receber Lama alta posição no Tibete.

Minha visão e audição são perfeitas e, ouso dizer, mais fortes do que outras pessoas. Ouço o trovão de cento e cinqüenta milhas de distância, e vejo cores no céu que outros não podem ver. Esta ampliação de visão e audição, eu tive como uma criança. Mais tarde eu conscientemente desenvolvi.

Jornalista: Na juventude você tem várias vezes sido gravemente doente. É uma doença e um requisito para se adaptar?

Tesla: Sim. É muitas vezes o resultado de uma falta de exaustão ou força vital, mas muitas vezes a purificação da mente e do corpo das toxinas que se acumulam. É necessário que um homem sofra de tempos em tempos. A fonte da maioria das doenças está no espírito. Portanto, o espírito e pode curar a maioria das doenças. Como estudante eu fiquei doente de cólera que raged na região de Lika. Fiquei curado porque meu pai finalmente me permitiu estudar tecnologia, que era minha vida. A ilusão para mim não era uma doença, mas a capacidade da mente de penetrar além das três dimensões da Terra.

Eu os tive toda minha vida, e eu os recebi como todos os outros fenômenos ao nosso redor. Uma vez, na infância, eu estava caminhando ao longo do rio com o tio e disse: “Da água aparecerá a truta, eu vou jogar uma pedra e é cortado.” Isso é o que aconteceu. Assustado e espantado, seu tio gritou: “Bade retro Satan’s!” Ele era um educado e falou em latim …

Eu estava em Paris quando vi a morte de minha mãe. No céu, cheio de luz e música flutuou são criaturas maravilhosas. Um deles tinha o caráter de uma mãe, que me olhava com amor infinito. Como a visão desapareceu, eu sabia que minha mãe morreu.

Jornalista: Qual é o sétimo ajuste, Sr. Tesla?Nikola-Tesla (1).jpg

Tesla: O conhecimento de como a energia mental e vital se transformam no que queremos e conseguimos controlar todos os sentimentos. Os hindus chamam-no Kundalini Yoga. Este conhecimento pode ser aprendido, para o que eles precisam de muitos anos ou é adquirido pelo nascimento. A maioria deles eu adquiri por nascimento. Eles estão na conexão mais próxima com uma energia sexual que é a mais difundida no Universo. A mulher é o maior ladrão dessa energia e, portanto, o poder espiritual.

Eu sempre soube disso e fui alertado. De mim eu criei o que eu queria: uma máquina pensativa e espiritual.

Jornalista: Um nono ajuste, Sr. Tesla?

Tesla: Faça tudo o que qualquer dia, qualquer momento, se possível, para não esquecer quem somos e por que estamos na Terra. Pessoas extraordinárias que estão lutando com a doença, privação, ou a sociedade que lhes dói com a sua estupidez, mal-entendidos, perseguição e outros problemas que o país está cheio de um pântano com insetos, deixa para trás não reclamados até o final do trabalho. Há muitos anjos caídos na Terra.

Jornalista: Qual é a décima adaptação?

Tesla: É o mais importante. Escreva que o Sr. Tesla jogou. Ele tocou toda a sua vida e gostou.

Jornalista: Sr. Tesla! Se ele se relaciona com suas descobertas e seu trabalho? É um jogo?

Tesla: Sim, querido menino. Eu amei tanto jogar com eletricidade! Eu sempre me encolho quando ouço falar também do grego que roubou fogo. Uma história terrível sobre prisioneiro, e águias que bicavam em seu fígado. Zeus não teve relâmpagos e trovões suficientes, e foi danificado por um fervor? Há algum mal-entendido …

Relâmpago são os brinquedos mais bonitos que podem ser encontrados. Não se esqueça que no seu texto destacam-se: Nikola Tesla foi o primeiro homem que descobriu relâmpago.

Jornalista: Sr. Tesla, você está apenas falando sobre anjos e sua adaptação à Terra.

Tesla: Estou? Esse é o mesmo. Você poderia escrever isso: ousou assumir as prerrogativas de Indri, Zeus e Perón. Imagine um destes deuses em um terno de noite preto, com o chapéu de jogador e as luvas brancas desgastando do algodão preparam relâmpago, incêndios e terremotos à elite de New York City!

Jornalista: Os leitores adoram o humor do nosso jornal. Mas você me confunde dizendo que suas descobertas, que têm benefícios imensos para as pessoas, representando o jogo. Muitos vão franzir a testa.

Tesla: Caro Sr. Smith, o problema é que as pessoas são muito sérias. Se não fossem, seriam mais felizes e muito mais teriam vivido. Provérbio chinês diz que a seriedade reduz a vida. Visitar a estalagem Tai Pe adivinhou que ele visita o Palácio Imperial. Mas que os leitores de jornal não teriam desaprovado, vamos voltar a coisas que consideram importantes.

Jornalista: Eles adorariam ouvir qual é a sua filosofia.

Tesla: A vida é um ritmo que deve ser compreendido. Eu sinto o ritmo e direto nele e mimar nele. Foi muito grato e me deu o conhecimento que tenho. Tudo que vive está relacionado a um relacionamento profundo e maravilhoso: o homem e as estrelas, as amebas e o sol, o coração ea circulação de um número infinito de mundos. Esses laços são inquebráveis, mas podem ser mansos e propiciar e começar a criar novas e diferentes relações no mundo, e isso não viola o velho.

O conhecimento vem do espaço; Nossa visão é o seu conjunto mais perfeito. Temos dois olhos: o terreno e o espiritual. Recomenda-se que se torne um olho. O universo está vivo em todas as suas manifestações, como um animal pensante.

A pedra é um ser pensante e sensível, como uma planta, uma besta e um homem. Uma estrela que brilha pediu para olhar, e se nós não somos um egoista considerável nós compreenderíamos sua língua e mensagem. Sua respiração, seus olhos e ouvidos do homem devem estar de acordo com a respiração, olhos e ouvidos do Universo.

Jornalista: Como você diz isso, parece-me como eu ouço textos budistas, palavras ou Taoísta Parazulzusa.

Tesla: Isso mesmo! Isso significa que há um conhecimento geral e uma verdade que o homem sempre possuiu. No meu sentimento e experiência, o Universo tem apenas uma substância e uma energia suprema com um número infinito de manifestações da vida. A melhor coisa é que a descoberta de uma natureza secreta, revela o outro.

Não se pode esconder, existem em torno de nós, mas somos cegos e surdos para eles. Se nós emocionalmente amarrar-nos a eles, eles vêm a nós mesmos. Há um monte de maçãs, mas um Newton. Ele pediu apenas uma maçã que caiu na frente dele.

Jornalista: Uma pergunta que pode ser colocada no início desta conversa. O que foi Eletricidade para você, Caro Sr. Tesla?

Tesla: Tudo é eletricidade. A primeira foi a luz, a fonte infinita de onde aponta material e distribui-lo em todas as formas que representam o Universo ea Terra com todos os seus aspectos da vida. O preto é o verdadeiro rosto da Luz, só que não vemos isso. É graça notável para o homem e outras criaturas. Uma de suas partículas possui luz, térmica, nuclear, radiação, química, mecânica e uma energia não identificada.

Tem o poder de executar a Terra com sua órbita. É a verdadeira alavanca de Arquimedes.

Jornalista: Sr. Tesla, você está muito inclinado para a eletricidade.

Tesla: Eletricidade eu sou. Ou, se você quiser, eu sou a eletricidade na forma humana. Você é Eletricidade; Também Sr. Smith, mas você não percebe.

Jornalista: É assim a sua capacidade de permitir falhas de eletricidade de um milhão de volts através do seu corpo?

Tesla: Imagine um jardineiro que é atacado por ervas. Isso seria loucura. O corpo e o cérebro do homem são feitos de uma grande quantidade de energia; Em mim há a maioria da eletricidade. A energia que é diferente em todos é o que torna o “eu” ou “alma” humana. Para outras criaturas a sua essência, “alma” da planta é a “alma” de minerais e animais.

Função cerebral e morte manifesta-se na luz. Meus olhos na juventude eram pretos, agora azuis, e com o passar do tempo e tensão o cérebro fica mais forte, eles estão mais perto do branco. O branco é a cor do céu. Através de minha janela uma manhã, aterrou uma pomba branca, que eu alimentasse. Ela queria me dar uma palavra de que ela estava morrendo. De seus olhos os jatos de luz estavam saindo. Nunca nos olhos de nenhuma criatura eu não tinha visto tanta luz, como naquele pombo.

Jornalista: O pessoal em seu laboratório fala sobre flashes da luz, das chamas e do relâmpago que ocorrem se você for irritado ou no tipo do risco.

Tesla: É a descarga psíquica ou uma advertência para estar alerta. A luz estava sempre do meu lado. Você sabe como eu descobri o campo magnético giratório eo motor de indução, que me fez tornar famoso quando eu tinha vinte e seis anos? Uma noite de verão em Budapeste, eu assisti com meu amigo Sigetijem pôr do sol.

Milhares de incêndios giravam em torno de milhares de cores flamejantes. Lembrei-me de Fausto e recitei seus versos e então, como em um nevoeiro, vi campo magnético giratório e motor de indução. Eu os vi no sol!

Jornalista: serviço de hotel dizendo que no momento do relâmpago você isolar na sala e falar com vocês.

Tesla: Eu falo com relâmpagos e trovões.

Jornalista: Com elas? Que linguagem, Sr.Tesla?

Tesla: Principalmente a minha língua nativa. Ele tem as palavras e sons, especialmente na poesia, o que é adequado para ele.

Jornalista: Os leitores da nossa revista ficariam muito gratos se você interpretasse isso.

Tesla: O som não existe apenas no trovão e relâmpago, mas, em transformação para o brilho e cor. Uma cor pode ser ouvida. A linguagem é das palavras, o que significa que é a partir dos sons e cores. Cada trovão e relâmpago são diferentes e têm seus nomes. Eu chamo alguns deles pelos nomes daqueles que estavam perto na minha vida, ou por aqueles que eu admiro.

No brilho do céu e do trovão vivem minha mãe, irmã, irmão Daniel, um poeta Jovan Jovanovic Zmaj e outras pessoas da história sérvia. Nomes tais como Assaías, Ezequiel, Leonardo, Beethoven, Goya, Faraday, Pushkin e todos os fogos ardentes marcam cardumes e emaranhados de relâmpagos e trovões, o que não pára durante toda a noite trazendo para a Terra chuva preciosa e árvores ou aldeias ardentes.

Há relâmpagos e trovões, e eles são os mais brilhantes e poderosos, que não desaparecerão. Eles estão voltando e eu os reconheço entre os milhares.

Jornalista: Para você, ciência ou poesia é a mesma?

Tesla: Estes são os dois olhos de uma pessoa. William Blake foi ensinado que o Universo nasceu da imaginação, que mantém e existirá enquanto exista um último homem na Terra. Com ele era uma roda à qual os astrónomos podem coletar as estrelas de todas as galáxias. É a energia criativa idêntica à energia luminosa.

Jornalista: A imaginação é mais real para você do que a própria vida?

Tesla: Dá à luz a vida. Eu tenho alimentado pelo meu ensinou; Aprendi a controlar emoções, sonhos e visões. Eu sempre amei, como eu nutrido meu entusiasmo. Toda minha longa vida eu passei em êxtase. Essa foi a fonte da minha felicidade. Ele me ajudou durante todos esses anos a suportar o trabalho, o que foi suficiente para as cinco vidas. O melhor é trabalhar à noite, porque a luz estelar, e estreita ligação.

Jornalista: Você disse que eu sou, como todo ser, a Luz. Isso me lisonjeia, mas confesso que não compreendo bem.

Tesla: Por que você precisa entender, Sr. Smith? Basta acreditar. Tudo é leve. Em um seu raio é o destino das nações, cada nação tem seu próprio raio em que grande fonte de luz nós vemos como o sol. E lembre-se: ninguém que estava lá não morreu. Transformaram-se na luz, e como tais existem ainda. O segredo reside no fato de que as partículas de luz restaurar seu estado original.

Jornalista: Esta é a ressurreição!

Tesla: Eu prefiro chamá-lo: retornar a uma energia anterior. Cristo e vários outros sabiam o segredo. Estou procurando como preservar a energia humana. São formas de Luz, às vezes retas como a luz celestial. Eu não procurei por mim, mas pelo bem de todos. Acredito que minhas descobertas tornam a vida das pessoas mais fácil e suportável, e as canalizam para a espiritualidade e a moralidade.

Jornalista: Você acha que o tempo pode ser abolido?

Tesla: Não exatamente, porque a primeira característica da energia é que ela se transforma. Está em transformação perpétua, como nuvens de taoístas. Mas é possível alavancar o fato de que um homem preserva a consciência após a vida terrena. Em cada canto do universo existe energia da vida; Uma delas é a imortalidade, cuja origem está fora do homem, esperando por ele.

O universo é espiritual; Nós somos apenas metade dessa maneira. O Universo é mais moral do que nós, porque não sabemos sua natureza e como harmonizar nossas vidas com ela. Eu não sou cientista, a ciência é talvez a maneira mais conveniente de encontrar a resposta à pergunta que sempre me assombra, e que meus dias e noites se transformaram em fogo.

Jornalista: Qual é o problema?

Tesla: Como são seus olhos iluminados! … O que eu queria saber é: o que acontece com uma estrela cadente como o sol se apaga? As estrelas caem como poeira ou semente neste ou em outros mundos, e o sol está espalhado em nossas mentes, na vida de muitos seres, o que renascerá como uma luz nova, ou vento cósmico espalhado no infinito.

Eu entendo que isso é necessário incluído na estrutura do Universo. A coisa é, porém, é que uma dessas estrelas e um desses sóis, mesmo os menores, preserva.

Jornalista: Mas, Sr. Tesla, você percebe que isso é necessário e está incluído na constituição do mundo!

Tesla: Quando um homem se torna violento; Que seu maior objetivo deve ser correr para uma estrela cadente, e tenta capturá-lo; Entenderão que sua vida lhe foi dada por causa disto e será salva. Estrelas eventualmente será capaz de pegar!

Jornalista: E o que acontecerá então?

Tesla: O criador vai rir e dizer: “Basta que você persegui-la e agarrá-la.”

Jornalista: Não é tudo isso contrário à dor cósmica, que tantas vezes você menciona em seus escritos? E o que é dor cósmica?

Tesla: Não, porque estamos na Terra … É uma doença cuja existência a grande maioria das pessoas não está ciente. Daí, muitas outras doenças, sofrimento, mal, miséria, guerras e tudo o mais o que torna a vida humana uma condição absurda e horrível. Esta doença não pode ser completamente curada, mas consciência tornará menos complicado e perigoso. Sempre que uma de minhas pessoas próximas e queridas eram feridas, sentia dor física. Isso ocorre porque nossos corpos são feitos de material similar, e nossa alma relacionada com fios inquebráveis. Incompreensível tristeza que nos dominou às vezes significa que em algum lugar, do outro lado neste planeta, uma criança ou homem generoso morreu.

O Universo inteiro está em certos períodos doente de si mesmo, e de nós. O desaparecimento de uma estrela ea aparição de cometas nos afetam mais do que podemos imaginar. Os relacionamentos entre as criaturas na Terra são ainda mais fortes, por causa de nossos sentimentos e pensamentos a flor perfumará ainda mais bonita ou cairá em silêncio.

Essas verdades precisamos aprender para sermos curados. O remédio está em nossos corações e uniformemente, no coração dos animais que chamamos de Universo.

truque.jpg

 

Fonte: http://misterioindecifravel.blogspot.com.br/2017/02/a-entrevista-mais-extraordinaria-de.html

 

 

Milhares de asteroides estão perto da Terra, e diretor da Microsoft questiona ameaça!

asteroides

Ex-chefe de tecnologia da Microsoft segura um meteorito em Bellevue, em Washington.

Mais de 14 mil asteroides conhecidos zunem pelas vizinhanças da Terra. Todos eles vão errar o planeta nas próximas décadas.

Porém, centenas de milhares mais ainda não foram descobertos e ninguém sabe se algum deles está em rota de colisão com a Terra. Assim, achar e acompanhar todos os asteroides que podem cruzar os caminhos do nosso planeta permitiria às autoridades emitir alertas e, potencialmente, dar tempo de desviar os perigosos.

A comunidade de cientistas que contempla essas possibilidades apocalípticas é pequena e geralmente cordial – pelo menos era até Nathan P. Myhrvold se intrometer. Antes o diretor de tecnologia da Microsoft, Myhrvold embarcou em empreendimentos como um compêndio de 2.438 páginas, em seis volumes, sobre o saber culinário que foi celebrado pelos chefes de cozinha. Uma continuação, sobre cozidos, está sendo preparado.

Ele também se tornou o flagelo estatístico dos cientistas. Seu último alvo é a Nasa, a agência espacial norte-americana, em uma briga pelos dados da sonda Explorador de Pesquisa Infravermelha em Campo Vasto (mais conhecido pela sigla Wise, em inglês).

Lançado em 2009, a Wise fotografou 750 milhões de estrelas, galáxias e outros objetos celestiais, incluindo as emissões de calor de asteroides. A Neowise, um desdobramento do projeto, usou os dados de calor para calcular o tamanho e a refletividade de 158 mil asteroides.

Myhrvold afirma que a análise da Neowise está cheia de erros. “O ruim é que praticamente tudo está errado. Infelizmente, a maior parte da análise nunca será tão exata quanto eles esperavam”, assegura ele.

Ele enviou sua própria análise dos resultados da Neowise ao periódico “Icarus”.

Myhrvold não está afirmando que a Nasa ignorou perigos de asteroides conhecidos, mas se os cientistas sabem tanto quanto julgam saber.

Ele também se concentrou na proposta de um telescópio espacial com preço superior aos US$ 500 milhões – a Câmera de Objetos Próximos à Terra (Neocam), projeto chefiado por alguns dos mesmos cientistas cujo trabalho ele está questionando.

asteroide

Grandes incertezas

A maioria dos milhões de asteroides é encontrada entre as órbitas de Marte e Júpiter, mas alguns mergulham próximo do Sol. Não existe dúvida de que um deles um dia atingirá a Terra.

Quanto maior for o asteroide, maior o cataclismo potencial. A refletividade da superfície – que os astrônomos chamam de albedo – informa a facilidade com que ele pode ser detectado.

“Da perspectiva prática de achar asteroides, é muito importante que saibamos a distribuição dos diâmetros e a distribuição dos albedos”, explica Myhrvold.

Segundo cientistas da Nasa, as estimativas dos diâmetros de asteroide feitos pela Neowise costumam estar dentro de 10% do tamanho real, mas Myhrvold afirma que as incertezas são muito maiores, acima de 100% em muitos casos.

Diretores da agência espacial norte-americana discordam. “Ele é um homem bastante inteligente. Só que isso não o torna um especialista em tudo”, diz Lindley Johnson, supervisor dos esforços da Nasa para proteger o planeta das rochas espaciais.

Outros cientistas avaliam que as críticas de Myhrvold têm mérito.

“Eu acho que ele executou um serviço bastante útil ao efetuar uma análise de erro mais cuidadosa e alertar as pessoas de que não se deve pegar os dados da tabela da Wise e assumir que eles são a verdade absoluta”, declara Alan W. Harris, pesquisador do Instituto de Ciência Espacial.

Mesmo que Myhrvold esteja correto, Harris avalia que os dados da Neowise “tem validade suficiente para ser útil na maioria dos propósitos”.

Nem sequer é astrônomo

Myhrvold não é astrônomo. Ele nunca fez pesquisa com asteroides.

Costuma ser difamado como um “monstro de patentes” porque a Intellectual Ventures, empresa que fundou após deixar a Microsoft em 1999, compra patentes e cobra tarifas de licenciamento de outras firmas.

Durante seus empreendimentos de paleontologia – outro passatempo – ele questionou a pesquisa de um professor da Universidade Estadual da Flórida, Gregory M. Erickson, sobre a taxa de crescimento dos dinossauros. Em documento de 2013, Myhrvold descreveu supostos erros estatísticos e parou pouco antes de acusar Erickson de manipular os dados.

Correções foram anexadas a vários estudos de Erickson, incluindo duas na “Nature”. Erickson e colegas mantêm que os erros não alteram suas conclusões. A Universidade Estadual da Flórida considerou Erickson inocente de maus procedimentos.

“Ter alguém como Nathan, com perspectiva e histórico diferentes, examinando com uma visão renovada, não acredito que haja algo errado com isso. Isso nos faz pensar”, diz Kristina Curry Rogers, paleontóloga de vertebrados da Faculdade Macalester, em Minnesota, uma das autoras do estudo de Erickson na “Nature”.

Myhrvold foi atraído às pesquisas sobre asteroides quando a Fundação B612, organismo sem fins lucrativos dedicado às iniciativas de defesa planetária, lhe pediu uma doação de dinheiro para a Sentinel, uma sonda que localiza asteroides, avaliada em US$ 450 milhões, financiada por entidades privadas.

“O que eles não sabiam é que eu me interessava por asteroides assassinos há muito tempo”, declara Myhrvold. Afinal, acredita-se que o choque de um asteroide na Terra causou o fim da era dos dinossauros há 66 milhões de anos.

Contudo Myhrvold ficou sabendo a respeito de várias outras iniciativas, incluindo a Neocam da Nasa, que custaria quase US$ 500 milhões (sem falar no foguete para lançá-lo), e no Grande Telescópio de Pesquisa Sinóptica, observatório em construção no Chile.

Cada grupo ofereceu simulações computadorizadas de quantos asteroides não vistos seriam encontrados, oferecendo hipóteses diferentes.

Em estudo publicado em março em “The Publications of the Astronomical Society of the Pacific”, Myhrvold usou uma abordagem mais simples para oferecer uma comparação válida. Ele examinou o volume de espaço que cada telescópio poderia observar, depois calculou que fração de asteroides invisíveis passaria por aquele espaço.

“Achei que parecia razoável. Nathan certamente oferece um olhar renovado”, diz Steven R. Chesley, pesquisador do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, em Pasadena, Califórnia.

Myhrvold concluiu que o telescópio no Chile, uma colaboração de US$ 665 milhões do Departamento de Energia dos Estados Unidos, da Fundação Nacional de Ciências e outras organizações, poderia encontrar 90 por cento dos asteroides próximos à Terra se mais tempo fosse gasto procurando numa posição baixa no céu, próxima ao horizonte do planeta.

Zeljko Ivezic, cientista do projeto do telescópio, afirma que em troca seria adiado por dois anos o término da pesquisa do resto do cosmos, além de um custo adicional de US$ 100 milhões; a diretoria do telescópio pediu se a Nasa poderia ajudar a pagar esse valor.

Por fim, Myhrvold, que ficou rico graças aos seus dias na Microsoft, decidiu não doar dinheiro à B612.

Ele também não deu dinheiro ao Grande Telescópio de Pesquisa Sinóptica, que recebeu doações particulares de Bill Gates, seu antigo chefe na Microsoft.

Ao escrever o estudo publicado em março, Myhrvold conversou com pessoas que trabalham nos diversos projetos, incluindo Amy Mainzer, principal pesquisadora da Neocam e da Neowise.

Segundo Myhrvold, para Amy, um telescópio em terra não poderia detectar asteroides na órbita terrestre porque estariam perto demais do horizonte.

Isso soou estranho para Myhrvold porque até mesmo amadores podem detectar facilmente objetos celestiais distantes dentro da órbita da Terra, tais como Vênus, 42 milhões de quilômetros mais perto do Sol do que o nosso planeta.

De acordo com Myhrvold, Amy respondeu que telescópios grandes não eram projetados para serem apontados tão próximos do solo, mas o do Chile é, ele observou.

Chesley, da Nasa, está coordenando uma análise mais detalhada da capacidade de descoberta de asteroide do telescópio; dados preliminares devem ser divulgados em breve.

Nas últimas apresentações, representantes da Nasa retrataram a Neocam mais como um complemento do que como um concorrente. “É um time esportivo. Não existe um sistema só que irá nos fornecer todos os dados de que necessitamos”, assegura Johnson.

A Nasa não deixou que Amy concedesse entrevista. Ao responder a perguntas por escrito, ela escreveu que a equipe da Neowise mantém as descobertas e que os resultados foram validadas por observações independentes e por outros pesquisadores.

O princípio da grelha hibachi

Myhrvold ficou surpreso com o fato de que os cálculos do albedo da equipe da Neocam violassem um dos princípios básicos da física, conhecido como lei de Kirchhoff da radiação térmica segundo a qual objetos mais brilhantes irradiam menos calor.

De acordo com Myhrvold, uma demonstração simples disso é a brilhante superfície cromada para cozinhar de uma grelha hibachi em um restaurante. Uma superfície escura da grelha banharia os clientes com desconfortáveis ondas de calor. Os modelos da Neocam não levaram em consideração os efeitos da luz solar refletida, ele sustenta.

Assim, Myhrvold examinou a Neowise com maior atenção. Um aspecto que considerou curioso foi que, em mais de cem vezes, a equipe da Neowise relatou diâmetros de asteroide que batiam exatamente com os que haviam sido determinados previamente por outros métodos, tais como o uso de radar e sobrevoos de espaçonaves. “Acho que é uma forte evidência de que algo está errado.”

Por sua vez, Amy explica que os asteroides em que as medições batiam com exatidão foram utilizados para a calibragem e que os valores definidos para eles eram os previamente observados.

A comunidade de asteroides, embora pequena, inclui dois cientistas com o mesmo nome, Alan William Harris, que não são aparentados. O Harris do Instituto de Ciência Espacial, que tem 71 anos, é conhecido como “Al, o Velho”, enquanto “Al, o Jovem”, 64 anos, é um cientista do Centro Aeroespacial Alemão que criou o modelo computacional empregado pelos cientistas da Neowise.

O Harris mais jovem concorda que Myhrvold mencionou um bom argumento sobre a lei de Kirchhoff e que um exame mais próximo da análise da Neowise seria frutífero. Satélites anteriores examinavam comprimentos de onda mais longos em que a luz solar refletida não era um problema grande.

Todavia, ele discorda do tom de censura de Myhrvold. “Ele demonstra uma atitude muito professoral nesse aspecto”, diz.

Myhrvold insiste não querer se vingar dos cientistas da Neowise, porém, acrescentou não considerar “indevidamente mau de minha parte querer assinalar que seus dados são irreproduzíveis”.

A lei de Kirchhoff voltaria a ser usada com a Neocam, que faria observações de comprimentos de onda infravermelha relativamente curta. A Neocam é uma de cinco missões de baixo custo em consideração, e a Nasa deve aprovar uma ou duas delas em setembro, prevendo seu lançamento na próxima década.

Amy aceitou responder algumas questões posteriores, ressaltando que essas dúvidas seriam mais bem respondidas pelos árbitros que estão revisando o estudo de Myhrvold. “Neste ponto, acreditamos que é melhor permitir o processo de revisão por pares – a base do processo científico – para seguir adiante.”

 

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/the-new-york-times/2016/06/01/14-mil-asteroides-estao-perto-da-terra-e-cientistas-discutem-ainda-tamanho-da-ameaca.htm

 

 

Física quântica emerge na fronteira entre múltiplos universos!

Teoria dos muitos mundos

vida-outros-universos

Um experimento recente, que parece mostrar que a função de onda é real, está mexendo com a nossa concepção filosófica da realidade.

Seguindo o caminho das partículas subatômicas até as entidades cosmológicas – lembre-se da busca pela unificação da mecânica quântica com a relatividade -, uma das possibilidades dentre aquelas que têm sido levadas a sério pelos físicos está a existência de universos paralelos, ou multiversos.

Agora, um trio australiano está propondo não apenas que os universos paralelos realmente existem e que interagem uns com os outros, mas também que essa interação pode explicar os fenômenos aparentemente bizarros da mecânica quântica – de quebra, a função de onda, há pouca considerada realidade objetiva por seus colegas, é simplesmente descartada.

“A ideia de universos paralelos na mecânica quântica tem sido aventada desde 1957,” explica o professor Howard Wiseman, da Universidade de Griffith, referindo à formulação original da ideia por Hugh Everett.

“Na conhecida interpretação dos ‘Muitos Mundos’, cada universo ramifica em um monte de novos universos cada vez que uma medição quântica é feita. Todas as possibilidades são então tornadas realidade – em alguns universos o asteroide matador de dinossauro acerta a Terra. Em outros, a Austrália foi colonizada pelos portugueses.

“Mas os críticos questionam a realidade desses outros universos, uma vez que eles não influenciariam o nosso universo em nada. Esta nova abordagem, que chamamos de ‘Muitos Mundos em Interação’, é completamente diferente, como o próprio nome indica,” completa ele.

pesquisa-multiversos

Muitos Mundos em Interação

O professor Wiseman e seus colegas propõem que:

  • o universo no qual vivemos é apenas um de um número gigantesco de mundos. Alguns são quase idênticos ao nosso, mas a maioria é muito diferente;
  • todos esses mundos são igualmente reais, existindo continuamente ao longo do tempo, e todos possuem propriedades definidas com precisão;
  • todos os fenômenos quânticos emergem a partir de uma força universal de repulsão entre os mundos ‘próximos’ (ou seja, semelhantes), o que tende a torná-los mais desiguais.

Ele afirma que a teoria dos “Muitos Mundos Interagentes” pode até mesmo criar a possibilidade extraordinária de testar a existência de outros mundos: “A beleza da nossa abordagem é que, se houver apenas um mundo, a nossa teoria se reduz à mecânica newtoniana, enquanto que, se houver um número gigantesco de mundos, nossa teoria irá reproduzir a mecânica quântica.”

A teoria quântica poderia então ser entendida como o limite contínuo de uma teoria mecânica vigorando em um número enorme, mas finito, de mundos clássicos, e os efeitos quânticos decorreriam exclusivamente de uma interação universal entre esses mundos, sem referência a qualquer função de onda.

O desaparecimento repentino de nêutrons, que não pode ser explicado pela física atual, pode ser o sinal da existência de um universo espelho do nosso. [Imagem Andrey ProkhorovSite Inovação Tecnológica]

O desaparecimento repentino de nêutrons, que não pode ser explicado pela física atual, pode ser o sinal da existência de um universo espelho do nosso. [Imagem: Andrey Prokhorov/Site Inovação Tecnológica]

Universos e mundos

O que o grupo chama de “mundo” é um universo inteiro, com propriedades bem definidas, determinadas pela configuração clássica das suas partículas e campos.

Isso, claro, compromete o conceito tradicional de Universo como compreendendo “tudo”. Essa questão aparentemente semântica começa então a ganhar significado prático: para manter o Universo como o “todo”, a equipe chama seus “universos individuais” de mundos.

“Em nossa abordagem, cada mundo evolui de forma determinística, as probabilidades surgem devido à ignorância a respeito de qual mundo um determinado observador ocupa, e argumentamos que, no limite de um número infinito de mundos a função de onda pode ser recuperada (como um objeto secundário) a partir do movimento desses mundos.

 

Algo novo

“Nós introduzimos um modelo simples dessa abordagem de muitos mundos interagindo e mostramos que ele pode reproduzir alguns fenômenos quânticos genéricos – como o teorema de Ehrenfest, o tunelamento, pacotes de onda se espalhando e a energia do ponto zero – como consequência direta da repulsão mútua entre mundos,” complementa Wiseman.

Usando simulações numéricas, o grupo demonstra que seu arcabouço teórico pode ser utilizado para calcular estados quânticos fundamentais, sendo capaz de reproduzir, pelo menos qualitativamente, o fenômeno de interferência da dupla fenda, o experimento clássico para demonstrar a dualidade partícula/onda.

“Entrementes, nossa teoria prediz algo novo que não é nem a teoria de Newton, nem a teoria quântica. Nós acreditamos também que, fornecendo um novo quadro mental dos efeitos quânticos, ela será útil para o planejamento de experimentos para testar e explorar os fenômenos quânticos,” finaliza Wiseman.

Bibliografia:

Quantum Phenomena Modeled by Interactions between Many Classical Worlds
Michael J. W. Hall, Dirk-André Deckert, Howard M. Wiseman
Physical Review X
Vol.: 4, 041013
DOI: 10.1103/PhysRevX.4.041013

Quem é Howard Wiseman?

Howard Mark Wiseman (nascido em 19 de junho de 1968) é um físico quântico teórico notável por seu trabalho no controle quântico de feedback, medições quânticas, informação quântica, sistemas quânticos abertos, a muitos mundos interagindo interpretação da mecânica quântica, e outras questões fundamentais em mecânica quântica.

Após seu doutorado, Wiseman empreendeu um pós-doc sob Dan Paredes na Universidade de Auckland. De 1996 a 2009, ele realizou Australian Research Council (ARC) bolsas de investigação. Atualmente, ele é professor de física na Universidade de Griffith, onde ele é o diretor do Centro de Quantum Dynamics. Ele também é um Node Manager Executivo no Centro de Computação Quântica e da Comunicação, um Centro de Excelência ARC.

Quem é Howard Hugh Everett?

Hugh Everett III (11 de Novembro1930 – 19 de Julho1982) foi um físico estadunidense que propôs a interpretação de muitos mundos (IMM) da física quântica, que ele chamou formulação do “estado relativo”.

Abandonou a física após completar seu Ph. D., desanimado pela falta de respostas a suas teorias pelos outros físicos[1] . Desenvolveu o uso de Multiplicadores de Lagrange na investigação operacional e aplicou esta comercialmente como analista de defesa e consultor. Foi casado com Nancy Everett née Gore, com quem teve dois filhos, Mark Oliver Everett (vocalista da banda Eels) e Elizabeth Everett.

 

Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=fisica-quantica-emerge-fronteira-entre-multiplos-universos#.Vp_AWPkrKM8

 

Nikola Tesla: “gênio esquecido” da eletricidade que nasceu há 157 anos

Cientista visionário imaginou um mundo com eletricidade gratuita!

nicola

Nikola Tesla (1856 – 1943) foi reconhecido tardiamente como gênio pela ciência

Foto: Getty Images

Um dos mais incríveis cientistas da história humana. E um dos gênios mais subestimados da espécie. Assim pode ser definido Nikola Tesla, nascido em uma cidade do antigo Império Austríaco, região da atual Croácia, em 10 de julho de 1856. Suas criações, especialmente no campo da comunicação, imiscuem-se até hoje na tecnologia do dia a dia, quase sempre sem o devido reconhecimento ao inventor.

Entre as suas contribuições nos campos da engenharia mecânica e eletrotécnica, estão os sistemas de potência elétrica em corrente alternada, sistemas polifásicos de distribuição de energia, o efeito Tesla de transmissão sem fio de energia, a robótica, o controle remoto, o radar, a ciência computacional e a balística. A invenção mais famosa, no entanto, é aquela sobre a qual reside a maior controvérsia: o rádio.

A paternidade do aparelho mudou de mãos em disputas judiciais e de motivação comercial. Na batalha, o austríaco – naturalizado norte-americano em 1891 – sofreu com a fragilidade financeira perante o italiano Guglielmo Marconi. Curiosamente, foi a mesma vulnerabilidade que prejudicou o brasileiro padre Landell de Moura (outro que realizava experimentos de transmissão sem fio da voz humana).

A doutora em Ciências da Comunicação Sonia Virginia Moreira, professora e pesquisadora da Faculdade de Comunicação Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), conta que Tesla chegou a patentear o aparelho rudimentar que transmitia sinais à distância, mas teve esse registro cassado pelo Departamento de Patentes dos Estados Unidos, que o concedeu a Marconi. Este, por sua vez, chegava à América para dar início à Marconi Wireless Co.

“Prevaleceu o sentido comercial e empresarial que muito caracterizaria Marconi e pouco tinha a ver com Tesla, que era um cientista voltado para os seus experimentos”, afirma a pesquisadora.

Tesla morreu em janeiro de 1943. Nove meses depois, a Suprema Corte dos Estados Unidos deu ganho de causa ao inventor ao estabelecer que nada havia no trabalho de Marconi que não tivesse sido anteriormente descoberto por Tesla. Era um reconhecimento ao gênio, embora póstumo e tardio.

Esquecimento
Um dos principais biógrafos de Nikola Tesla, o norte-americano Marc Seifer, atesta, em suas pesquisas, o esquecimento do inventor. Autor do livro Wizard: The Life & Times Of Nikola Tesla e de mais de 70 artigos sobre o inventor, além de sua tese de doutorado, ele estudou a vida do cientista para identificar suas reais criações e descobrir as razões de seu desaparecimento dos livros de história.

No texto The Lost Wizard (“O Gênio Esquecido”, em tradução livre), Seifer afirma que Tesla morreu quase como anônimo por variáveis psicanalíticas e ciúmes dos colegas. Elege, no entanto, dois fatores datados de 1901 como decisivos: a amarga rivalidade com Marconi e a defesa da possibilidade de contato com seres extraterrestres.

teslaNikola Tesla em seu laboratório de experimentos na cidade de Colorado Springs (Estados Unidos) em 1899

Foto: Reprodução

“Numerosos críticos atacaram a credibilidade de Tesla. Penso que é justo dizer que, em termos de fama e aceitação, Tesla nunca se recuperou, ainda hoje, 60 anos depois de sua morte e mais de 100 anos após iniciar seus artigos. Seu nome caiu em desgraça, perdido por anos nos círculos ocultistas e em estantes empoeiradas”, diz Seifer em trecho do artigo, publicado em 2006.

No episódio em que defendia sua tecnologia como viável para comunicação entre planetas, Tesla rompeu com seu investidor, o empresário J. P. Morgan, então perturbado pelos ataques da imprensa. “Ao contrário do inventor, cujas ideias remetiam a lugares abstratos e futuristas, a mente de Morgan estava no presente”, conta o biógrafo.

Outro agravante foi o colapso da Bolsa de Nova York, em 1901. Conforme relata Seifer, com o pânico em Wall Street, Tesla não podia honrar suas contas e era pressionado por empresas que exigiam o pagamento imediato. Por sua vez, Morgan também se atrasava na entrega dos fundos que ainda devia ao inventor. A falência econômica de Tesla estava decretada.

Desafios
Tesla mantinha um laboratório para os seus experimentos em Colorado Springs, nas Montanhas Rochosas. Seu grande desafio, conforme Sonia Moreira, era entender como captar, armazenar e distribuir eletricidade. “A descoberta do que hoje entendemos como transmissão à distância em ondas eletromagnéticas, as ondas hertzianas, foi um ‘acidente de percurso’ que o levaria a se interessar pela comunicação a distância”, relata.

Entre as suas diversas contribuições, a pesquisadora elege o sistema de comunicação mundial sem fio como aquele, atualmente, em que há o “dedo” do cientista. A torre que Tesla começou a construir em Long Island, financiada por Morgan, visava a criar um sistema que capturasse energia do interior da Terra – ele baseou muito do seu trabalho no entendimento de que existia no centro da Terra energia suficiente para alimentar o planeta.

energia

Segundo Sonia, trata-se de uma tecnologia muito parecida com o que hoje conhecemos como internet e também como a tecnologia wi-fi. “Foram as experiências de muitos cientistas – e Tesla certamente é um dos principais – que permitiu que chegássemos ao status contemporâneo e, quem sabe, futuro das comunicações”, avalia.

A pesquisadora acrescenta ainda que a experiência com a torre não deu certo porque a ideia de Tesla era distribuir de graça o que seria obtido de graça. “Isso foi o que o distinguiu e, na história da economia de mercado, fez com que fosse esquecido”, conclui.

Suas invenções foram focadas na utilização da eletricidade e magnetismo, assuntos que na época eram o que podemos chamar hoje de “tecnologia de ponta”. Tente descobrir se você utiliza alguma delas hoje em dia:

  • Motor de indução (utilizado em indústrias e em vários eletrodomésticos que utilizamos em nossas casas todos os dias)
  • Lâmpada de descarga (fluorescente);
  • Sistema de ignição utilizado hoje na partida dos carros;
  • Corrente Alternada (quase toda a energia que nossa civilização utiliza é distribuída através de corrente alternada, seja esta energia gerada em Hidroelétricas, Termoelétricas, Eólicas, etc);
  • Controle Remoto;
  • Transmissão via rádio;
  • Bobina de Tesla.

 

Nicola Tesla havia descoberto um modo de distribuir energia gratuita, sem queimar combustível e sem causar mal algum ao meio ambiente utilizando energia do centro da terra, de forma que não teria poluição igual temos hoje e além disso todos teríamos energia de graça, a qual poderia ser usada para inúmeras coisas. Mas aconteceu que as empresas que lucram com o petróleo e monopolização de emissão de energia deixaram de investir em suas invenções e ainda por cima destruirão a torre que captava essa energia e dissipava a mesma por longas distancias. Resumindo: Os que estão no poder preferem o capital do que ajudar a humanidade e o planeta a se desenvolver de forma limpa e sem agressão aos mesmos. Triste realidade!

 

 

A Garota que Enxerga com os Olhos Vendados. (Glândula Pineal)

Yogamaatha é uma menina de 9 anos da Índia, porém algo a faz se sobressair das demais. Ela tem o Terceiro Olho ativado, o que deixou vários estudiosos americanos perplexos, em busca de respostas científicas até agora não encontradas.

garota

Em uma pesquisa recente, lhe foi colocado três panos tampando os seus olhos e sua tarefa era ler o que estava escrito no papel. E assim ela o fez.

Conhecido popularmente como Terceiro Olho, o Ajna (meios de comando), é o sexto dos Chacras Primários segundo a tradição hindu. Localizado na glândula pineal, é o chacra da visão interna ou espiritual.

Algumas qualidades quando esse chacra está balanceado são: intuição, realização da alma, clarividência, concentração, paz de espírito, sabedoria, percepção além da dualidade.

Por outro lado quando em desequilíbrio, quando o chacra está desalinhado de acordo com as atitudes, a falta de concentração, medo, cinismo, tensão, pesadelos, entre outros, são os principais sintomas notados.

Yogaamata-To-no-CosmosYogaamatha em Washington. O que era pra ser uma sessão informacional sobre o Terceiro Olho, virou um espetáculo de demonstrações que durou 3 horas.

Um curso de 21 dias de duração, chamado ‘Inner Awakening’ ou ‘Despertar Interno’, administrado pelo guru indiano Sri Nithyananda Swami, é onde a garota Yogamaatha, além de outras centenas de crianças e adultos participaram do treinamento que teria concedido tal habilidade.

A pequena Yogamaatha parece uma menina normal, até começar o teste.

Yogamaatha consegue imitar as expressões faciais, mesmo com os olhos vendados, que o entrevistador faz, além de ler e até desenhar com incríveis detalhes o que lhe foi mostrado enquanto estava vendada.

Ela ainda conta que certa vez ao brincar de pique-esconde, antes mesmo de ir procurar, já conseguia saber a localização de todos. Questionada pelo entrevistador se isso não seria trapaça, ou se conseguiria controlar, ela disse que sim, hoje ela consegue controlar quando ativar esse ‘Super Poder’.

O vídeo abaixo é da entrevista e testes, bem descontraídos feito por Frank Elaridi do canal Modern Nirvana.

O teste começa em 6:06.

 

Outros vídeos e notícias podem ser encontrados na internet. Atualmente Yogaamatha tem viajado pelos EUA, demonstrando sua habilidade, e também sendo um objeto de estudo para vários cientistas e curiosos.

Seria esse mais um passo da ponte entre Ciência e Espiritualidade?

O treinamento que acontece algumas vezes por ano, tem atraído também diversos estrangeiros.

Caso tenha se interessado, Inner Awakening tem um site oficial falando sobre seus cursos e praticas espirituais e também científicas.

dada.jpg

 

Fonte: http://tonocosmos.com.br/a-garota-que-enxerga-com-os-olhos-vendados

 

 

Glândula pineal: Nutrição Para o Olho da Mente !

GlandulaPineal_TerceiroOlho

Nutrição Para o Olho da Mente: Alimentos Para Reativar Sua Glândula Pineal

O olho da mente, cientificamente conhecido como a glândula pineal, é considerado a porta de entrada para os níveis mais elevados de consciência, no caso de você não estar ciente a glândula pineal é uma glândula endócrina em forma de uma pequena pinha no cérebro que produz e secreta o hormônio melatonina, acredita-se também que a glândula pineal seja responsável pela liberação de Dimetiltriptamina (DMT), a glândula pineal é o “princípio da sede da alma”, segundo Descartes, como você pode ver esta glândula tem muitas funções tanto física como metafisicamente, assim mantê-la funcionando em todo o seu potencial deve ser uma prioridade de todos os que procuram uma mente saudável.

3 olho

À medida que envelhecemos a glândula pineal começa a se calcificar e tornar-se lenta, esta taxa varia consideravelmente por pessoa e estilo de vida, mas o consumo de quantidades excessivas de flúor é considerado um fator de risco, isto é em parte porque o fluoreto se acumula em quantidades extremamente altas na glândula pineal causando sua calcificação mais rapidamente, o flúor também pode diminuir a produção de melatonina, duas coisas que certamente não queremos que aconteça, a pesquisa mostrou que esta calcificação da glândula pineal tem uma forte correlação no desenvolvimento da doença de Alzheimer (Mercola 2011), uma dieta pobre carregada de conservantes, açúcar branco, refrigerantes, GMO, produtos químicos e pesticidas é um importante fator de risco para a calcificação e seu envelhecimento precoce também.

Quando calcificada olhem como ela começa a ficar escurecida:

pine4

O que podemos fazer para combater o processo de envelhecimento e calcificação da glândula pineal ?

Devemos comer uma dieta livre de conservante / química , que seja rica em gorduras saudáveis​​, deve ser um acéfalo (trocadilho intencional), mas o que mais podemos fazer ?

Verkalkte_Corpus_pineale_Zyste_axial-2

Cortar o uso do flúor

 Enquanto você não corta-los completamente você pode reduzir drasticamente os níveis que consome, para fazer isso deve filtrar adequadamente à água da torneira antes de beber uma vez que muitas comunidades têm abastecimento de água que é adicionado flúor, para conseguir isso você precisa usar um filtro que retire o flúor (cuidado com o filtro por osmose reversa ele também retira todos os minerais da água “matando-a”), ou comprando água engarrafada que indica a não adição de flúor de água de nascentes, você também pode mudar para um creme dental sem flúor, muitos tipos de pasta dentais naturais podem ajudar na prevenção da cárie dentária, além de não intoxicá-lo com flúor.

Tome vinagre de maçã

Vinagre de maçã é rico em ácido málico tornando-se um grande tônico para desintoxicar o corpo todo incluindo a glândula pineal, o vinagre de maçã tem uma longa lista de benefícios e pode ajudar a tornar o corpo mais alcalino (isso é uma coisa muito boa), tente tomar uma colher de sopa 3 vezes ao dia ou experimente adicioná-lo no suco de limão com mel, sente-se, saboreie e colha os benefícios.

Coma alimentos ricos em iodo

 Coma alimentos ricos em iodo como algas marinhas, outros alimentos como cranberry, feijão verde, couve, brócolis, folhas verdes escuras, banana, camarão e lagosta também são ricos em iodo, esta é uma lista muito curta, incompleta, você pode ajustá-la para atender às suas necessidades e estilo de vida, não só a função de apoio do iodo para a tireoide, mas também é importante para a glândula pineal, o iodo ajuda a remover o flúor do corpo que como discutido acima é muito tóxico, o iodo pode ser prejudicial em níveis super altos por isso se você optar por usar em forma de suplemento considere o uso de uma forma solúvel em água como Iosol, para evitar o risco de excesso ao consumi-lo.

Coma cacau cru

 Cacau cru orgânico é rico em antioxidantes que combatem os radicais livres e mantêm o nosso cérebro saudável, isso também pode ajudar a estimular o olho da mente(pineal) ajudando a desintoxicá-la, além disso quem não gosta de chocolate ?

Coma óleo de coco

 O óleo de coco(extra virgem prensado a frio) nutre todo o corpo até mesmo a pele e o cabelo, mas a sua maior vantagem é que ele nutre o cérebro e desintoxica a glândula pineal, o óleo de coco é rico em triglicérides de cadeia média que são convertidos em cetonas no fígado, foi comprovado que as cetonas restauram os neurônios e a função dos nervos no cérebro (Mercola 2013), esta é uma grande notícia para reverter os danos no cérebro e pode até mesmo fornecer um avanço na pesquisa da doença de Alzheimer, os Triglicerídeos de cadeia média (TCM), o principal tipo de gordura encontrada no óleo de coco aumenta o desempenho cognitivo em adultos mais velhos que sofrem de distúrbios de memória tão graves como a doença de Alzheimer e não é depois de meses ou até mesmo dias de tratamento, mas após uma única dose de 40 ml (3 colheres de sopa) !

Experimente estas ervas

 Gotu Kola nutre todo o cérebro e a glândula pineal, brotos de alfafa e de Salsa ajudam a energizar a glândula pineal, todas estas ervas (e muitas outras) ajudam a estimular e desintoxicar a glândula pineal, tente adicionar o broto de a salsa e de alfafa generosamente quando cozinhar para um impulso extra do cérebro !

Pare de usar óculos de sol

 Será que isso chamou a sua atenção ? Bem deixe-me explicar, a luz refletida pela retina estimula a glândula pineal, nossos olhos precisam ser expostos à luz solar indireta diariamente (a qualquer uma célula ganglionar fotossensível), se você for usar óculos de sol certifique-se de tira-los pelo menos por um curto intervalo de tempo diariamente, isso também nos fornece vitamina D que é muito importante para a saúde e equilibra o cérebro ajudando a combater a depressão.

Claro que existem várias outras maneiras maravilhosas para promover a saúde dos olhos da mente, como foi dito, isso não é de forma alguma uma lista completa, é sempre bom verificar com um médico fitoterapeuta, especialmente se você tiver algum problema de saúde se for tomar suplementos, agora vá em frente nutrir o olho da sua mente!

Abaixo um pequeno vídeo onde encontramos algumas dicas e mais abaixo outro vídeo bem explicativo sobre a Glândula Pineal:

Dia 06/01/2016 estarei postando uma matéria sobre uma garota que tem esse 3º olho ativado. Impressionante!

https://portal2013br.wordpress.com/nutricao-para-o-olho-da-mente-alimentos-para-reativar-sua-glandula-pineal/

O maior despertar global da história!

post-08-07-1

O maior despertar global da história está ocorrendo. A consciência sobre o nosso mundo está se reposicionando mais rapidamente do que nunca. Existe ainda mais informações iluminadas oferecidas às massas do que nunca. O ser humano comum está agora descobrindo as fórmulas para manifestar uma vida inacreditável e é capaz de absolutamente transformar sua vida em algo que realmente ama ! Em cada nação que você fizer uma viagem, vai encontrar mais pessoas que exploram meios alternativos de trabalhar, todo mundo está aprendendo as melhores maneiras de explorar os estados de consciência superiores.

O mundo terreno está encerrando o ensino nos graus iniciais e estamos nos preparamos para dar um salto para os graus superiores ! Este grande despertar não é algo “mau” ou uma coisa “excelente”, é apenas uma parte do nosso desenvolvimento. É como se cada pessoa estivesse recebendo as boas-vindas na sua própria festa de formatura. Estamos vendo em todos os lugares os sinais de que todos os velhos sistemas estão desmoronando a medida que a consciência está avançando em uma taxa exponencial. O planeta tem sido destruído com tantos desastres, exigindo uma mudança na forma como tratamos a nós mesmos e a natureza. Estamos na verdade, vivendo em constante preocupação, ansiedade e ganância por tempo suficiente.

O mundo esteve dividido por eras, mantendo a ilusão de que algumas pessoas são mais poderosas, mais ricas e mais capaz do que outras. Sim, na verdade a venda também tem sido colocada diante dos seus olhos ! Você também é capaz, rico e proeminente no seu mundo interior, basta acreditar. Você nasceu exatamente com os mesmos poderes que existem em cada pessoa. Você é atualmente uma manifestação divina extremamente eficaz, que podem facilmente criar, trazer, e emergir qualquer coisa que você desejar !

Ninguém deve se sentir pequeno, sem esperança e pobre por mais tempo. Você não está mais restrito por algum jogo baseado no medo que os outros estão jogando em qualquer tempo. O jogo de manipulação global “nós contra eles” está ultrapassado, é tempo de crescer, progredir e avançar para a nova era.

Você está disposto a ser uma pessoa mais consciente que vive 24 horas por dia em um estado de felicidade, amor e paz interior ? Você é digno de experimentar isso o tempo todo e você pode ! Basta começar por recuperar a sua conexão espiritual e entender que há uma Fonte do todo, inteligente, onisciente, disponível para você em cada novo minuto. É uma sensação fantástica se libertar da viagem com o ego e se conectar com a Fonte. Você é digno para apreciar esta experiência cotidiana e a medida que você se exercita, vai perceber que este mundo está realmente despertando para todos em torno de você !

Dê o passo inicial para se capacitar e incendiar esta conexão espiritual agora mesmo ! Comece descobrindo suas respostas a estas perguntas, então exercite a meditação !

O que você pode fazer hoje para criar um mundo mais iluminado amanhã ?

https://portal2013br.wordpress.com/2016/01/04/o-despertar-global/comment-page-1/#comment-9378

 

Marcelo Gleiser: “Einstein é um ícone do conhecimento humano”

Gleiser-5901

Com a Teoria da Relatividade Geral, Einstein revolucionou nossa compreensão da natureza do espaço, do tempo, e da matéria, mostrando que os três estão intimamente relacionados”, diz Marcelo Gleiser. Em entrevista à GALILEU, o físico carioca, professor da Faculdade de Dartmouth, nos Estados Unidos, falou sobre o impacto da publicação da Teoria, as consequências dela e a importância de Albert Einstein e suas descobertas na história da ciência. Leia abaixo:

O que a publicação da Teoria da Relatividade Geral significou para a ciência?

A Teoria da Relatividade Geral é um marco não só da física, mas do conhecimento humano. Com ela, Einstein revolucionou nossa compreensão da natureza do espaço, do tempo, e da matéria, mostrando que os três estão intimamente relacionados. Antes, na física de Isaac Newton, a matéria ocupava o espaço e seus movimentos ocorriam no tempo. Ambos, espaço e tempo, eram inertes, como um palco. Na teoria de Einstein, a matéria afeta a geometria do espaço e o fluir do tempo; ambos obtêm uma plasticidade que depende da quantidade de matéria. Como disse o físico John Archibald Wheeler, a matéria diz ao espaço como se encurvar e o espaço diz à matéria como se movimentar. A teoria de Einstein deu origem conceitos novos como o Big Bang e a expansão do universo, buracos negros, máquinas do tempo, buracos de vermes e, de forma crítica, que a matéria e a energia são manifestações da mesma coisa. Einstein construiu uma nova visão de mundo e, com ela, redefiniu nossa relação com o cosmo.

A teoria descreve o contínuo espaço-tempo como um “tecido”. Como entender esse conceito?

A ideia é que o espaço não é uma entidade rígida, mas amena à deformações, como uma cama elástica. Quanto mais pesada a pessoa (quanto mais massa, na verdade), maior a deformação da cama elástica. O mesmo com o espaço. Com isso, o espaço é encurvado perto de um objeto com muita massa, como uma estrela. Um teste disso é a trajetória de um raio de luz que passa perto dessa estrela; como ocorre com uma lente, a trajetória do raio é encurvada. Einstein mostrou como calcular esse desvio de forma precisa. O mesmo ocorre com o fluir do tempo: quanto maior a massa, mais devagar passa o tempo. Um relógio na superfície do Sol (se pudesse funcionar lá) bateria as horas mais devagar do que na Terra.

Em sua opinião, quais são os principais acertos e erros da teoria? Certos aspectos dela foram superados ao longo do último século?

A teoria passou todos os testes observacionais até o momento. Portanto, sua margem de acerto é de 100%. Ela não tem erros, ao menos por enquanto, mas tem limitações. Por exemplo, não sabemos o que ocorre quando a gravidade  muito forte, como no coração de buracos negros ou nas vizinhanças do Big Bang. A teoria de Einstein prevê o que chamamos de “singularidade”, que significa que falha nessas condições mais dramáticas. Possivelmente, será necessária uma amplificação da teoria, incorporando aspecto da física quântica, que descreve átomos e partículas subatômicas. Mas ainda não sabemos como fazer isso, apesar de décadas de tentativas.

As ondas gravitacionais foram previstas pela primeira vez na teoria da relatividade geral. Por que ainda não conseguimos detectá-las e qual seria a importância de estudá-las em detalhes?

Ainda não detectamos as ondas gravitacionais porque são extremamente fracas. Elas são uma previsão direta da teoria e deverão ser detectadas nas próximas décadas. Essencialmente, como na teoria o espaço é deformável, se as massas que causam sua curvatura estão em movimento, por exemplo, duas estrelas em órbita, o espaço à sua volta irá ter sua deformação variando no tempo, causando ondas gravitacionais. Estudar ondas gravitacionais é abrir um novo capítulo na história da astronomia; com elas, seremos capazes de estudar fenômenos extremamente violentos no universo, como a colisão de buracos negros, ou quando uma estrela de neutrons “engole” outra estrela normal. Possivelmente, até mesmo o Big Bang deixou um registro nas ondas gravitacionais que existem no espaço. Seria a observação mais dramática que podemos imaginar, ondas criadas na própria origem do universo!

Qual é a importância de passar a ciência como uma forma acessível de conhecimento? O que isso pode significar para a nossa sociedade?

A ciência é não só uma forma de conhecimento que transforma profundamente como vivemos e como entendemos a natureza, mas algo que nos transforma também. Veja que há apenas 200 anos, as pessoas viviam em média a metade do tempo que vivemos hoje. Não existiam aparelhos elétricos, muito menos digitais. Viagens apenas a cavalo ou barco. A transformação é profunda e irreversível. Uma sociedade que quer avançar precisa ter cidadãos que saibam como o mundo está mudando, e como podem afetar essa mudança através da sua criatividade. A ciência precisa ser vista como parte integral da nossa cultura e como força transformadora, que determina, em grande parte, o nosso futuro. Uma sociedade que não tem seus cidadãos informados sobre a ciência está se condenando a viver no passado.

Você considera Albert Einstein o maior cientista do século XX? Existe, hoje, alguém comparável a ele?

Sem dúvida, Einstein é o maior cientista do século XX, e um dos maiores de todos os tempos. Falamos muito da relatividade, mas essa é apenas uma de suas incríveis teorias. Ele foi, também, um dos arquitetos da teoria quântica, criando o conceito de fóton, a partícula de luz, essencial na física dos lasers, por exemplo. De quebra, mostrou que os átomos e moléculas existem (e não são apenas ideias) e avançou profundamente nossa compreensão da física quântica, sendo um dos maiores críticos de sua interpretação. Não existe alguém comparável a ele. Talvez um dos que chegou perto foi Richard Feynman, mas mesmo assim a comparação é um pouco inútil. A física mudou muito, e hoje é bem mais difícil um único indivíduo se sobressair tanto; trabalhamos em grupos, e a diversificação das linhas de pesquisa torna difícil a imagem do “fisico completo” que sabe um pouco de tudo. Einstein é um ícone do conhecimento humano, sem par na história.

Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2015/11/marcelo-gleiser-einstein-e-um-icone-do-conhecimento-humano.html

Arqueólogos acreditam ter encontrado a cidade bíblica de Sodoma !

106

Depois de passarem doze anos escavando a região do monte Tall el-Hammam, na Jordânia, arqueólogos afirmam ter finalmente encontrado o que procuravam – a mítica cidade bíblica de Sodoma. Para quem não se lembra, a narrativa da Bíblia afirma que Sodoma, junto de Gomorra, teria sido destruída pela ira de Deus devido às práticas pecaminosas de seus habitantes. Tanto que a palavra “sodomia” vem daí. As escavações foram organizadas por uma equipe de pesquisadores da Universidade Trinity Southwest, do Novo México, e lideradas pelo arqueólogo Steven Collins.

pp.jpg

Collins explica que o local foi selecionado por ser o maior de toda a região sul do Vale do Rio Jordão, com cerca de cinco a dez vezes o tamanho das antigas cidades-estado que ficavam nos arredores. “Cheguei à conclusão de que, se alguém quisesse achar Sodoma, deveria procurar pela maior cidade que existiu naquela área durante a Idade do Bronze, no tempo de Abraão”, disse o arqueólogo. Ele explica que, antes de sua pesquisa, os mapas que mostram a região naquela época longínqua eram bem incompletos.

A localização era privilegiada por proporcionar fácil acesso a grandes reservatórios de água – o Rio Jordão e também o Mar Morto. A proximidade de importantes rotas comerciais também ajuda a explicar o fato de a suposta Sodoma ter prosperado por volta dos anos 3500 e 1450 antes de Cristo. No entanto, o pesquisador afirma que no final da Idade do Bronze, a gigantesca cidade-estado foi misteriosamente evacuada e permaneceu sendo uma terra desolada por cerca de 700 anos, até voltar a ser povoada e florescer novamente. Se a causa foi mesmo a tal “ira de Deus”, provavelmente jamais saberemos.

angels-guiding

A equipe comparou os objetos encontrados naquele sítio arqueológico com o das outras ruínas do entorno que datam da mesma época e não teve dúvidas de que se tratava da lendária cidade bíblica. Os achados foram desenterrados a cerca de quatro metros da superfície atual de Tall el-Hammam, profundidade que corresponde ao estrato da Idade do Bronze.

As dimensões e a opulência do povoado que eles encontraram são impressionantes. Na Antiguidade, a cidade era dividida em dois distritos principais e ostentava muralhas com uma altura que variava entre cinco e dez metros e tinha uma grossura de sete metros. A construção exigiu milhões de tijolos e certamente foi erguida pelo trabalho árduo de incontáveis operários.

Evidências de grandes portões e torres indicam que as fortificações de Sodoma durante a Idade do Bronze eram ainda mais expressivas do que se pensava. Também existiam ali diversas praças conectadas por vielas além de construções sofisticadas. “O sistema defensivo era impressionante e formidável, seu objetivo era proteger as casas dos cidadãos mais afastados da cidade, incluindo o palácio do rei, assim como templos e outros edifícios administrativos”, explica Collins.

fonte: http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Arqueologia/noticia/2015/10/arqueologos-acreditam-ter-encontrado-cidade-biblica-de-sodoma.html